Exposição reúne instalações de Nazareno e Tomie Ohtake

(Créditos: Divulgação/Nelson Kon)

 

Um dos fatores cruciais a toda experiência poética são os sentidos. Com o nome inspirado no poema Mãos Dadas, de Carlos Drummond de Andrade, a exposição Tempo Presente ocupa o Espaço Cultural Porto Seguro.

+ Happy End ironiza nosso individualismo e vício de estar conectado

Foram selecionados sete artistas brasileiros para expor suas instalações em diferentes ambientes. Entre as obras apresentadas estão os arcos de Tomie Ohtake que dividem espaço com Espera, de Leandro Lima e Gisela Motta e a a série Sobre tesouros e outros domínios de Nazareno.

 

(Créditos: Divulgação)

 

Jardim Secreto, de Laura Belém, é uma experiência sensorial completa e levanta questões sobre deslocamento, tempo, cultura e memória. Os pés caminham sobre uma superfície de cascalho; as mãos tateiam e abrem caminho pelas fitas que descem do teto enquanto, ao fundo, vozes recitam trechos comentados de Tristes Trópicos, relato de viagem do antropólogo Claude Lévi-Strauss quando esteve no Brasil."

As obras escolhidas têm em comum a capacidade de convidar o público para uma posição ativa, tanto física, quanto no plano reflexivo, quebrando assim a usual posição de uma contemplação passiva", afirma Amanda Dafoe, curadora da exposição.

São Paulo ganha cinco novos painéis de edifícios em Outubro

A exposição contará ainda com uma programação pública, com debates, oficinas e cursos ministrados pelos artistas, com a participação de críticos. O objetivo é possibilitar que o público interessado possa explorar transversalmente os temas relativos à exposição.

  • Espaço Cultural Porto Seguro - Alameda Barão de Piracicaba, 634 - Luz, São Paulo
    1132267361398
    + Ver mapa
  • 01/11/2017 a 17/12/2017
  • Segunda a sábado: 10h às 19h. Domingo: 12h às 19h.
  • Entrada Gratuita.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo