Da violência à sensualidade, peça mostra as explosões cotidianas

(Créditos: Victor Otsuka)

 

De volta ao Pequeno Ato, o dramaturgo e diretor Pedro Granato convida o público para uma imersão por situações do cotidiano que tiram qualquer um do sério. O teatro em formato de arena aproxima o público ainda mais dos 11 atores que, a partir de suas próprias experiências, criaram o enredo visceral que se desenrola aos olhos - e com a interação - do público.

11 Selvagens fica em cartaz de 6 de outubro a 11 de novembro com ingressos a R$ 40.

"O ponto de partida para o espetáculo é a tensão crescente no país em 2016. Foi um processo colaborativo, em que os atores trouxeram histórias vividas por eles ou relatos de conhecidos. A chave para a interpretação é realista em situações que tem um desenvolvimento absurdo, levando para um lugar muito inesperado. A peça retrata o universo desses atores e busca uma universalidade pelo caminho da identificação", explicou o diretor.

+ Confira também a coluna da jornalista Maria Júlia Lledó sobre 11 Selvagens

(Créditos: Victor Otsuka)

 

A intenção de Granato é trazer à cena quadros interligados que mostram camadas de sociabilidade facilmente rompidas no cotidiano. "A ideia é trabalhar com temas atuais e atores jovens explorando diferentes formas de incluir a plateia na cena, de forma que o espectador se sinta impulsionado a interferir ou tomar um partido na situação que se apresenta diante dela", concluiu.

Com Anna Galli, Bianca Lopresti, Gabriel Gualtieri, Isabella Melo, Jonatan Justolin, Gustavo Bricks, Mariana Marinho, Mariana Beda, Rafael Carvalho, Renan Botelho e Vítor diCastro, 11 Selvagens provoca o paradoxismo em cenas rapidamente identificadas pela plateia. 

 

(Créditos: Victor Otsuka)

 

  • Pequeno Ato - Rua Teodoro Baima, 78 - Vila Buarque, São Paulo
    (11) 99642-8350
    + Ver mapa
  • 06/10/2017 a 02/12/2017
  • Sexta: 21h. Sábado: 19h
  • R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia).
  • Classificação: 16 anos.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo