Curso traça panorama da produção cinematográfica pernambucana

Cena de Aquarius de Kleber Mendonça Filho (Créditos: Divulgação)

 

De 8 a 10 de fevereiro, Amanda Mansur ministrará o curso Cinema Pernambucano Contemporâneo. Nas aulas, a doutora e professora da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) traçará um panorama da produção audiovisual do estado nordestino a partir de sua tradição histórica e propostas estéticas. Os encontros ocorrem no Centro de Pesquisa e Formação do Sesc, com inscrições de R$ 15 a R$ 50. Para participar, clique aqui.

A partir de trechos de ficções e documentários, Mansur trabalhará os principais diretores e coletivos de audiovisual, indicando seus contextos de realização, políticas públicas de fomento, o financiamento, produção, distribuição, a cena cultural e a retomada da produção de longas-metragens pernambucanos.

 

Confira o programa de aulas:

 

8/2 - Pode-se falar de um Cinema Pernambucano

Apresentação de um panorama histórico: o Ciclo do Recife no anos 1920, a crítica cinematográfica entre 1930 a 1964, a década de 1970 e o Ciclo Super-8, a formação do grupo Vanretrô e a produção de curtas nos anos 1980 e 1990.

 

Dia 9/2 - A retomada do Cinema Pernambucano?

Na batida do mangue: a retomada do cinema e a cena cultural pernambucana. Árido Movie: a invenção de um cinema: A aventura do Baile Perfumado (1996), o cinema de Paulo Caldas, Lírio Ferreira, Cláudio Assis, Marcelo Gomes, Hilton Lacerda e Adelina Pontual. A geração dos anos 90: Kleber Mendonça Filho e Camilo Cavalcante.

 

Dia 10/2 - Cinema Pernambucano Contemporâneo.

Grupos e coletivos: Símio Filmes, Trincheira Filmes e cineclubes. Associação Brasileira de Documentaristas. Lei do Audiovisual e outras políticas públicas. O cinema e a cidade do Recife. Filmografia essencial do cinema contemporâneo em Pernambuco.

 

A aventura do Baile Perfumado de Paulo Caldas e Lírio Ferreira (Créditos: Fred Jordão)

 

  • Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo - Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - Bela Vista, São Paulo
    (11) 3254-5600
    + Ver mapa
  • 08/02/2017 a 10/02/2017
  • Quarta a sexta: 19h às 21h30.
  • R$ 50 (inteira), R$ 25 (meia) e R$ 15 (credencial plena do Sesc).
  • Classificação etária: 16 anos.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo