Ancestralidade afro-brasileira é tema de exposição

(Créditos: Divulgação / Robinho Santana)

 

Mais de 20 obras em tinta óleo, acrílica, pintura digital, serigrafia e vídeos compõem a mostra (Re)conhecimento - A Arte de Robinho Santana, instalada a partir de 13 de janeiro na Oficina Cultural Alfredo Volpi.

Na exposição, o artista reconstrói sua trajetória a partir de referências familiares e influência da arte afro-brasileira. 

 

(Créditos: Divulgação / Robinho Santana)

 

Em suas obras, o artista explora as referências de religiões de matrizes africanas, símbolos Adinkras – símbolos dos povos Akan que representam provérbios sobre as crenças e as histórias desses povos – plantas e os elementos da natureza (água, fogo, terra e ar).

Enxerga na luta e resistência das mulheres e homens negros brasileiros a principal inspiração para suas obras. “Como no meu trabalho eu falo sobre o meu cotidiano, naturalmente falaria sobre as pessoas negras, que podem ser meus familiares, amigos, vizinhos ou a maioria da população brasileira”, conta o artista em vídeo para nosso site.

 

 

  • Oficina Cultural Alfredo Volpi - Rua Américo Salvador Novelli, 416 - Itaquera, São Paulo
    (11) 2205-5180
    + Ver mapa
  • 13/01/2018 a 16/03/2018
  • Terça a sexta: 10h às 22h. Sábado: 10h às 18h.
  • Entrada gratuita.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo