Amelia Toledo apresenta trabalhos produzidos nas últimas décadas

(Créditos: Divulgação)

 

Amelia Toledo aos 91 anos é um dos principais nomes da arte brasileira dos anos 1960, e exibe obras da série Horizonte, produzidas nas duas últimas décadas, sendo três esculturas e quatro pinturas. 

+ Festival de Peças de Um Minuto promove intercâmbio cultural

As obras, iniciadas nos anos 90, serão apresentadas na Galeria Marcelo Guarnieri do Rio de Janeiro. A série é resultado da investigação da artista sobre a paisagem, tanto do espaço pictórico, quanto do espaço físico.

A linha do horizonte tem uma presença marcante na tradição da pintura ocidental figurativa, servindo como ponto de referência na construção da imagem e da relação que nosso corpo estabelece com ela.

(Créditos: Divulgação)

 

 

Fatia de Horizonte, escultura formada por uma chapa de aço inox em formato retangular, sendo ¼ dela polido e os outros ¾ oxidados, é uma peça que parece embaralhar categorias da dimensão espacial no momento em que produz uma espécie de elevação da linha do horizonte. 

As pinturas são compostas por duas faixas de cores que ocupam, cada, uma metade da tela. O formato paisagem de alguns quadros - esse que tem a forma retangular onde a altura é menor que o comprimento - nos leva a associar os dois campos de cor às faixas do céu e da terra de uma pintura figurativa. 

Em setembro, a artista também participará da exposição Radical Women: Latin American Art, 1960–1985, no HammerMuseum, em Los Angeles, que seguirá para o Brooklyn Museum, em Nova York, no próximo ano. 

  • Galeria Marcelo Guarnieri - Rio de Janeiro - Rua Teixeira de Melo, 31 - Ipanema, Rio de Janeiro
    (21) 2523-6157
    + Ver mapa
  • 11/09/2017 a 18/10/2017
  • Segunda a sexta: 11h às 18h. Sábado: 11h às 15h.
  • Entrada Gratuita.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo