Itaú Cultural premia artistas, ativistas e educadores

14 junho 2017
Baby do Brasil

 

O Auditório Ibirapuera foi o palco de mais uma comemoração do Itaú Cultural as suas três décadas de existência. O Prêmio Itaú Cultural premiou artistas, ativistas e educadores - entre eles o "Meia Noite", apelido do mestre de capoeira Gilson Santana que criou o Centro de Educação e Cultura Daruê Malungo, para reforçar a herança africana. A fotógrafa Denise Andrade separou os melhores cliques do evento para você. Confira abaixo:

 

Yael Steiner

 

Antônio Nóbrega

 

Ana Maria Gonçalves

 

Cris Couto

 

Agnaldo Farias

 

Kátia B

 

Vilma Eid e Carlos Augusto Calil

 

Eduardo Saron, Davi Kopenawa Yanomami e Milu Villela

 

Marina Person

 

Vange Milliet e Paulo Lepetit

 

Suzana Salles

 

Ricardo Ohtake e marcy Junqueira

 

Davi Kopenawa Yanomami e Magda Pucci

 

 

Jards macale e Rejane Zilles

 

Hermeto Pascoal

 

Magnolia Costa

 

Luisa Duarte e Débora Bloch

 

Eduardo Saron e German Lorcan

 

Francoise Forton e Eduardo Barata

 

Esther Hamburguer

 

Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo